Quem é você, Alasca? - John Green


Título: Quem é você, Alasca?
Autor: John Green
Páginas: 269
Editora: Intrínseca

   Olá pessoas do mundo inteiro!
John Green aparecendo mais uma vez aqui no blog, não é mesmo? Hoje é a vez de Quem é você, Alasca?. Algumas pessoas amam esse livro, outras odeiam, e isso me deixou um tanto quanto perplexa antes de ler. Eu já tinha recebido um baita spoiler, e isso, na minha opinião, estragou um pouco a leitura. Mas segue logo a sinopse:
SINOPSE: Miles Halter tem fascinação pelas últimas palavras que grandes pessoas disseram antes de morrer. Vive de devorar biografias. Mas está cansado de ter só isso para livrá-lo do tédio que é a vida com os pais, na Flórida. Em busca do que o poeta François Rabelais chamou em suas últimas palavras de "O Grande Talvez", Miles sai de casa para ingressar na Escola Culver Creek, um internato no Alabama. Muitas coisas o esperam lá, entre elas, Alasca Young. Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez.
   Esse foi o primeiro livro que o John Green escreveu e posso dizer com todas as letras que há dez anos atrás ele já sabia como escrever um livro. Quem é você, Alasca? é narrado em primeira pessoa por Miles. Um garoto antissocial, sem amigos, com uma vida incrivelmente monótona e que tem por hobbie colecionar últimas palavras das pessoas. Porém, Miles não quer mais isso. Ele busca seu Grande Talvez, ele quer mudar o rumo de sua vida medíocre e começa a fazer isso se mudando para um internato.
   E é basicamente isso. Fim. Tá. Talvez eu esteja sendo radical. Não é só isso. Mas já é uma característica dos livros desse autor que seus enredos não sejam super elaborados. Eu geralmente acho isso ruim. Porém, com John Green nunca foi. O ponto forte de seus livros são sempre as características de seus personagens e a narrativa irreverente.
   No internato, Miles conhece novos amigos como, Coronel, Takumi e Alasca Young. Podemos dizer que é aí que a vida de Miles tem início. Ele conhece o que é fumar, beber, beijar na boca e passar trotes universitários nas pessoas.




   A narrativa do John Green flui muito bem, como sempre. A gente vai lendo e lendo e quando vê, o livro já acabou. Isso se deve a personalidade cativante e carismática de cada personagem, as piadas irreverentes e as frases de efeito muito bem construidas. Miles é o protagonista e narrador da história, porém, Alasca rouba a cena, os pensamentos de Miles e até o título do livro. Ela é jovem, linda, irresponsável e bipolar. Embora, eu não tenha gostado muito dela. Eu até tentei, mas digamos que nosso santo não bateu. Sabe uma pessoa que não se identifica em nada com outra? É isso.
   O livro não é organizado por capítulos, e sim por "setenta e seis dias antes" "setenta e cinco dias antes", e isso só nos faz ficar ainda mais curiosos sobre o que vai acontecer no dia D


"E naquele quase-momento entre nós dois, percebi que me importava com ela, pelo menos um pouco. Não sei se gostava dela, e tinha minhas dúvidas quanto a confiar nela, mas me importava o bastante para tentar descobrir. Ela na minha cama, aqueles olhos verdes enormes me encarando. O mistério infindável do seu sorriso irônico, quase malicioso. Cinco camadas entre nós." (Pág. 93)
   Isso é tudo, pessoal. Eu gostei do livro. Acredito que nenhum livro do John Green saia sem nenhum aprendizado que seja. Os personagens são excêntricos e únicos, a narrativa sem igual e a diagramação... O que dizer sobre a Intrínseca, não é mesmo? O final poderia sim, ter tido um "tcham" a mais. Mas fazer o quê né...
   Um livro sobre amor, trotes, juventude e, principalmente, sobre a vida.


Até mais!

30 comentários:

  1. Olá!
    Eu li esse livro tem pouco tempo e fiquei impressionado! Foi o livro que mais gostei do João Verde. Li em menos de um dia! Eu também fiquei espantado com a quantidade de opiniões opostas sobre o livro, eu gostei e muuuito.
    Sobre o final, o John Green tem isso de não saber finalizar o livro com um "tchan!", porém nesse livro eu não senti muita necessidade... Já que gostei de TODAS AS PÁGINAS HAHAHA'
    Ótima resenha! :)
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    eu ainda não li esse livro, mas quero muito ter a oportunidade de conferir, pois gosto da narrativa do autor. E é como você falou mesmo, a gente sempre pode aprender com seus personagens. Fiquei ainda mais motivada a ler esse livro depois que li seus comentários.

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Já li esse livro a um bom tempo atrás e ele é um dos meus favoritos do John Green, mas confesso que fiquei super decepcionada com o final, e quem não ficou não é mesmo ?

    ResponderExcluir
  4. Faz algum tempo que eu tenho curiosidade com esse livro mas tenho receio em ler. Já vi muitos comentários sobre a obra e tanta gente fala que se decepcionou no final que eu até me desanimo para começar. Eu gostei de ver a sua impressão sobre o livor e de saber o que você achou da história, mas ainda prefiro ir deixando a leitura para outro momento.

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla, esse é um dos pouco do John que eu ainda não tenho,
    deixei passar devido algumas resenhas contraditórias que li na época em que estava comprando os livros do autor, uns amam e outros odeiam, mas concordo com você, quem lê o John sabe que seus livros não terminam antes de deixar algo para o leitor e agora voltei a considerar comprá-lo.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  6. Este é o meu livro favorito do Green, embora ame todos. Acho que os personagens foram muito bem desenvolvidos e adorei a Alasca do começo ao fim... e que fim!!!
    Adorei saber a sua opinião sobre um livro que gosto tanto!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu li ACeDE há um tempinho e depois dele, comprei todos os livros do autor. Quem é você... estava nessa lista. Porém, até hoje ainda não li. Os motivos são vários, mas no fundo foi procrastinação, acabei deixando pra depois e ficou. Adorei a sua resenha, e voltei a ter vontade de ler. Só que agora a fila tá gigantesca, então não tenho a menor ideia de quando conseguirei um tempinho pra ele.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Eu também achei que o final poderia ter sido melhor, mas, tirando isso, eu adorei o livro. Achei interessante a forma como o autor colocou personagens únicos e diferentes uns dos outros na história, e gostei também da contagem regressiva, parece que deixa a gente mais curiosa ainda para chegar no final, né?
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu sempre começo esse livro e acabo abandonando, acho que pelo fato de já saber o que acontece, mas confesso que o pouco que li me cativou bastante e espero um dia terminar a leitura.

    ResponderExcluir
  10. Ola eu não consigo ler esse livro, comecei achei parado demais, gosto de livros que nos remetem emoções, sejam elas quais forem e não senti isso nos personagens desse livro, mas fico feliz que a leitura te agradou. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  11. Sinto que foi ser o pato do galinheiro. Não li nenhum livro do JG e nem tive vontade de ler, incluindo ACEDE (cheguei a ver o filme e até gostei, mas não faz meu gênero, fujo de sick-lit pq eu já tenho minha própria sick pra lidar). Daí então, simplesmente não desenvolvi interesses por outros livros dele. E lendo a sua resenha, por mais que os personagens sejam bem construídos, e a narrativa seja ótima, ainda não me agarra, nem desenvolve meu interesse na leitura. Abçs! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curte aí!

    ResponderExcluir
  12. Eu simplesmente amo esse livro!
    É o meu preferido do John Green depois de A culpa é das estrelas.
    Realmente, a "marca registrada" da escrita do John é mensagens em seus livros.
    Fiquei bem triste em saber que o filme desse livro não vai acontecer, daria uma ótima adaptação!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bom? Legal sua resenha! Eu li esse livro há 2 ou 3 anos atrás, não lembro muito bem, mas é o meu segundo favorito do autor! Esse livro foi muito importante em uma fase da minha vida! Os personagens são inesquecíveis! Deu até vontade de reler... Fiquei triste em saber que a adaptação dele pro cinema não vai acontecer tão cedo... e ainda espero que seja um trote do tio Green! hahaha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá Carla,
    Fiquei bem curiosa em relação a essa leitura. Já li alguns livros do autor e acho que seu melhor foi A Culpa é das Estrelas. Tenho muita curiosidade de ler Quem é você, Alasca? mas tenho receio de não curtir a leitura.
    Acredito que ficaria muito ansiosa para saber o que será o dia D e acompanhar as mudanças do personagem.
    Achei muito legal você ter gostado da leitura.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Eu não gosto dos livros desse autor. Como você fala na resenha "o nosso santo não bateu". A sua resenha ficou ótima, uma das melhores que li sobre esse livro, mas infelizmente não conseguiria ler.

    Uma vida literária

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?
    Eu simplesmente amo muito esse livro. A primeira vez que li, ficou meio indefinido o que eu tinha achado, então resolvi dar outra chance e ler novamente. Não deu outra, me apaixonei! Embora até hoje eu não saiba o que sentir pela Alasca, ela é totalmente 'bipolar' e por vezes, o comportamento dela em relação ao Miles, me deixava irritada. Não sou fã do John Green, mas esse livro é especial pra mim. Fora que é repleto de frases reflexivas que fizeram um grande sentido na minha vida. Adorei a resenha :)

    Beijo,
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Apesar de tantas opiniões negativas sobre o Quem é você Alasca?, eu tenho curiosidade em lê-lo. Eu não sou uma grande fã de John Green, acho os livros dele legais e como você mencionou são os personagens que ele cria que dão tal efeito para a história e acho que ele compõe bem as cenas do livro. Não são livros que fico louca e ansiosa para ler, mas é sempre uma boa pedida para quando se quer realizar uma leitura leve. Gostei muito da sua resenha.
    Beijos,
    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Diferente de você, eu amei a Alasca e achei que ela foi todo o diferencial para um livro que tinha tudo para ser chato. Tanto que, depois do spoiler, eu detestei o livro hahaha Mas para quem é fã do autor é uma obra super legal.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  20. Oii!
    Que bom que curtiu a leitura <3 Só li um livro do John Green que foi ACEDE e me apaixonei pela história e pela sua escrita! Mas confesso que não sei se leria outro livro do autor :/ Sei lá, nenhum dos seu lançados até agora me despertou o interesse!

    Beijão!
    Seguindo ♥
    Vem conhecer o meu cantinho ♥
    http://cantinhodosrabiscos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Esse livro me parece ser bem intrigante, com esses personagens pouco normais, rsrsrsrs! Até eu fiquei curioso para saber o que acontece no dia D. Hahahaha! Gostei do que você disse sobre o autor ser bem profundo em seu enredo. Creio que posso dar uma chance so exemplar, pois gosto de livros que seguem essa premissa duvidosa!
    Gostei muito da resenha, sucesso para você! Filipe penasso - Pena Pensante

    ResponderExcluir
  22. Do John Green eu li Cidades de papel e não gostei nem um pouco, por isso não leio mais seus livros, essa obra não despertou meu interesse, o autor consegue construir personagens marcantes, também sempre me incomodo com seus enredos curtos, como se nada mais acontecesse, gostei do autor mostrar acontecimentos radicais na vida de um adolescente e fiquei curiosa para saber o que ira acontecer nesse dia D. Talvez de outra chance ao autor

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem? :D

    Eu não gosto do autor. Na verdade, eu não gosto nadinha do autor! hahahaha
    Dele li apenas ACEDE e não fiquei nada comovida. Tentei ler QEVA, mas não rolou. Depois disso resolvi que eu e a escrita do João Verde não nascemos um para o outro.
    E pelo que eu leio na blogosfera, você não foi a única que teve problemas com a Alasca! Acho que são poucas as pessoas que gostam dela!

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. oie. realmente, esse livro é totalmente amado ou odiado, mas para ser bem sincera não tenho vontade de ler. Não gosto de livros adolescentes e mesmo que trate de assuntos sérios como a bipolaridade creio que eu não teria paciência, só estou bem curiosa sobre o que trata o tal dia d.

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bom?

    Esse é um dos meus livros preferidos do autor, mas a historia é assim mesmo, acho que é definida pelas partes "Antes", que todos adoram, e o "Depois", que o Jhon Green fez aquela burrada, né? E não soube como dar continuidade na historia e ficou "aquilo" - mas o livro em si, é bom.

    Abs,
    http://perdidoemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Olá, tudo bom?

    Nossa, eu tenho esse livro há séculos na minha estante (realmente) e ainda não li. Depois de ler sua resenha, fiquei animada para a leitura, pois parece ser incrível. EU já li "A Culpa é das Estrelas", do John Green e amei, por isso quando comprei "Quem é Você, Alasca?" tive uma expectativa bem alta do livro e acabei deixando de lado para não me decepcionar. Porém, quem sabe eu não dou uma chance, certo?

    Adorei saber que os personagens são carismáticos e que a obra possui uma narrativa fluída. Gosto que o John consegue transmitir a realidade se neuras e de uma maneira que te conquista rapidamente.

    Enfim, ótima resenha! Obrigada pela dica ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem?
    Eu li esse livro faz um tempo e foi na época em que ele não estava tão "bombado", sabe? Com isso tive sorte de não ter spoilers por todo lado kkkkkk Realmente tem spoilers que estragam a leitura, por isso sempre evito dar spoilers e ler. Bom, esse não é o meu livro favorito do autor, a Alaska também não me conquistou muito, mas é uma boa leitura mesmo.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  28. Oie! O que mais tenho visto pela internet são as milhares de versões que estão lançando desse livro, mas ainda não tive o interesse de realizar leitura. Na verdade, a única obra que li do autor foi "A Culpa é das Estrelas" e achei bem "mais ou menos" - ele tem, sim, seus pontos positivos e a história é linda, tenho que dizer, mas fazer o que.. -, então tenho certo preconceito sobre o restante dos livros. De qualquer forma, adorei o jeito como você descreveu a história e acredito que seja uma leitura válida para tentar mudar de opinião. Fiquei bem curiosa para saber como será a convivência do garoto com todos os outros personagens, ainda mais sabendo que o enredo é capaz de transmitir ótimos ensinamentos. *-*

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart.

    ResponderExcluir
  29. Oi Carla, tudo bem?
    Eu sou bem suspeita de falar pois amo os livros do autor, esse é um dos poucos que não li ainda e sou muito curiosa com ele. Fiquei feliz em ver que você gostou e que recomenda, apesar do final não ter sido dos melhores! hahaha Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  30. Olá!

    Eu acabei de ler uma resenha desse livro e vou repetir aqui a mesma ideia do que eu havia dito lá: eu gosto demais do John Green, a forma como ele cria os personagens dele me agrada, embora eu odeie a Margo de Cidades de Papel.

    Eu ainda não li "Quem é voce, Alasca?", Mas assim como você, peguei um baita spoiler. Basicamente já sei o que acontece com a menina Alasca. Claro que isso não vai me desmotivar a ler o livro, mas perde um pouco a graça, né.

    Ah, eu concordo com você, sempre dá para aprender alguma coisinha com os livros do John Green.

    Obrigada pela dica.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir